Início / jornalismo / Confira o resumo das informações da greve dos caminhoneiros na região Sul







Confira o resumo das informações da greve dos caminhoneiros na região Sul


Por Carlos Filipe
30/05/2018 11:13:05


A Rádio Difusora acompanha a paralisação dos caminhoneiros e os efeitos sobre os serviços públicos. Confira o resumo das informações da manhã dessa quarta-feira (30).

Combustíveis

Mantida informação das forças de segurança para escolta de caminhões tanque nesta quarta-feira a Criciúma e região. Não há ainda informação de quais postos serão abastecidos. Combustível será limitado em 15 litros nos carros e cinco nas motos

Estado

Governado de Santa Catarina confirmou que Estado chegou ao limite. A partir de hoje as forças de segurança ganham reforço do exército para desobstruir rodovias e dar segurança aos caminhoneiros que querem seguir viagem. "Santa Catarina chegou ao limite. Respeitamos os caminhoneiros, mas com os pleitos atendidos a normalidade precisa ser restabelecida", afirma Eduardo Moreira.

Demissões

Pesquisa feita pela Fiesc nas indústrias de Santa Catarina mostra que 70% da cadeia produtiva de Santa Catarina está impactada pela paralisação dos caminhoneiros. Na mesma pesquisa 13% das empresas cogitam demissões para amenizar o prejuízo.

Vacinação

Santa Catarina vai prorrogar até o dia 8 de junho a campanha de vacinação contra a gripe. Objetivo é atingir a meta mínima estipulada pelo Governo Federal. "Temos mais de 70% da população vacinada em Santa Catarina, mas entre as crianças o índice ainda está baixo e por isso a prorrogação. Vale lembrar a importância da vacinação, já temos caso de H3N2 em Criciúma e região e a vacina é fundamental", explica o gerente regional de Saúde, Fernando de Faveri.

Agromel

A Agromel está cancelada. A informação foi confirmada pelo prefeito Murialdo Gastaldon, em entrevista ao Difusora Notícias. Em nota oficial, a Prefeitura de Içara informa que o evento não será realizado devido à paralisação dos caminhoneiros e dificuldade logística. 

Criciúma

Prefeito Clésio Salvaro confirmou nesta manhã, durante entrevista a Rádio Difusora que os serviços básicos em Criciúma serão mantidos. "Não haverá ponto facultativo. Escolas, creches e unidades de saúde vão funcionar. Foi feito um esforço concentrado para não penalizar ainda mais a população", justifica.






COMPARTILHE:






Mais Lidas