Início / jornalismo / Greve dos caminhoneiros: comércio de Criciúma enfrenta queda no movimento







Greve dos caminhoneiros: comércio de Criciúma enfrenta queda no movimento


Por Carlos Filipe
29/05/2018 09:29:41


Presidente da CDL de Criciúma, Gelson Philippi, detalha os reflexos da greve dos caminhoneiros para o comércio local.

"O fluxo de clientes caiu muito. Estamos tendo um prejuízo que ninguém nem se arrisca a calcular. Apoiamos os caminhoneiros, mas agora está na hora de voltar ao trabalho. Infelizmente o governo não mudou sua postura e já deixou claro que quem vai pagar a conta deste desconto no diesel é o povo", destaca.






COMPARTILHE:






Mais Lidas