Início / Variedades / Paróquia de Araranguá acolherá comunidade das Irmãs Adoradoras da Misericórdia







Paróquia de Araranguá acolherá comunidade das Irmãs Adoradoras da Misericórdia


Por Michelle Veiga
14/03/2019 07:36:58


O início de sua missão na Diocese de Criciúma iniciou na Paróquia Nossa Senhora da Natividade, em Cocal do Sul. Ali, fundaram a primeira Casa de Missão no Sul do Estado e depois se expandiram para o Convento da Divina Misericórdia, dentro do complexo do Santuário do Sagrado Coração Misericordioso de Jesus, em Içara. Agora, chega a vez da Paróquia Sagrada Família, na região da Cidade Alta, em Araranguá, acolher uma comunidade das Irmãs Adoradoras da Misericórdia.

As religiosas, que têm como carisma a adoração eucarística e o serviço, vêm para ajudar o pároco, padre Daniel Zilli Da Rolt, em diversas frentes. "Foi o pedido que fiz ao Bispo, Dom Jacinto, e ao fundador da congregação, padre José Juan, para elas virem morar em Araranguá e trabalhar com este povo, atendendo os mais necessitados, acompanhando um pouco os setores de pastoral, a caminhada da Igreja. Obtive a resposta positiva deles e elas passarão a estar conosco a partir do próximo sábado, dia 16", relata padre Daniel.

A missa de acolhida será realizada na igreja matriz, com início ás 19 horas. Na ocasião, a comunidade católica araranguaense receberá as irmãs Inês da Meditação, Angela Karol e Agnes Marta. As religiosas vêm das comunidades instaladas em Içara e Caçador, esta última onde fica a sede da congregação, e irão residir em uma casa cedida por uma família membro da Paróquia.

"Elas terão a missão, junto comigo, de visitar uma vez por mês o Presídio Regional de Araranguá, atuando na Pastoral Carcerária. Elas também assumirão a Catequese de Adultos e visitarão as comunidades, fazendo trabalho com os necessitados e dando força e auxílio à Paróquia. Elas também irão ajudar na Celebração da Palavra, visitar os colégios, entre outras atividades", afirma padre Daniel.

Criada em 13 de dezembro de 1976, a Paróquia Sagrada Família é composta por 20 comunidades eclesiais, sendo que 19 estão localizadas no município de Araranguá e uma em Meleiro.






COMPARTILHE:






Mais Lidas